BRAGA -

BRAGA - -

Jorge Faria reúne-se com apoiantes para decidir se é candidato ao PS/Braga

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O militante da Secção de Braga do PS Jorge Faria reúne-se dia 25, num jantar em Braga, com os seus apoiantes para decidir se se recandidata ao cargo nas eleições internas marcadas pela Federação Distrital de Braga para o dia dois de Março.

O ato eleitoral surge após a demissão, a cinco de Janeiro, da Comissão Política Concelhia, presidida por Artur Feio.

Em declarações ao Vilaverdense/Pressminho, Jorge Faria disse que “a decisão terá de amplamente maioritária dentro do grupo”, que é tido como próximo do ex-líder António José Seguro e crítico da solução da «geringonça».

PUBLICIDADE

Até às eleições, o órgão político da Secção está a ser dirigido por uma comissão administrativa, presidida por Fausto Faria e que integra Jorge Cruz e José Silva.

Artur Feio, o anterior presidente da Secção local, já anunciou que se vai recandidatar ao cargo, a que renunciou para “clarificar a situação” já que a oposição interna, chefiada por Jorge Faria, vinha dizendo que tinha “falta de legitimidade”.

Em 2018, em Janeiro, Artur Feio venceu as eleições para a Secção, com 70 por cento dos votos, contra uma lista de apoiantes de António José Seguro, liderada por Jorge Faria.

Faria concorreu sob protesto por entender que a lista de Feio fora admitida ilegalmente a votos, já que não apresentou uma moção política, como é exigido pelos estatutos.

Recorreu, de seguida, para a Comissão de Jurisdição Distrital, onde perdeu, e depois para a Jurisdição Nacional do PS,  em Lisboa, a qual, quase um ano depois, ainda se encontra, à espera de uma decisão.

CARTA A BARRETO

Há dias, mandou uma carta a Joaquim Barreto, o líder federativo, na qual diz: “venho solicitar ao camarada a cópia da minuta da ata da Comissão Política mais rápida da história do PS/Braga (a de 5 de Janeiro quando Feio se demitiu) e acesso ao processo que Artur Feio preparou para ser entregue na Federação”. Julgo que essa ata deve acompanhar o processo entregue”.

Peço, também, – prossegue – “cópia da minuta da ata da reunião do secretariado da Federação que levou à marcação de urgência, de uma reunião da Comissão Política Distrital para debate e eventual deliberação sobre a marcação de eleições ou designação de uma comissão administrativa na concelhia de Braga do PS”. Faria diz que “esta informação é importante para mim e para os eleitos da lista A, porque consideramos que os militantes de Braga, que se preocupam com o PS, não podem estar alheios de qualquer eventual decisão sobre o seu futuro de militante”.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS