BRAGA

BRAGA -

José Alberto Oliveira iniciou funções de Governador do “Rotary International” e apelou à paz e inclusão

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A cerimónia de Transmissão de Mandatos do Distrito 1970 do “Rotary International”, na qual José Alberto Oliveira iniciou formalmente as suas funções como Governador para o ano rotário 2022-2023, decorreu no passado dia 2 de Julho, na Aula Magna da Universidade Católica de Braga.

O “Rotary” é uma rede global de líderes comunitários, amigos e vizinhos que «veem um mundo onde as pessoas se unem e entram em acção para causar mudanças duradouras em si mesmas, nas suas comunidades e no mundo todo», contando com 117 anos de história e com 1.4 milhões de membros.

No seu primeiro discurso como Governador, José Alberto Oliveira relembrou o contexto de mudanças globais em que se inicia mais um ciclo no “Rotary Internacional”, sendo esta a primeira vez em que há uma mulher, em 117 anos, como presidente, sendo ela Jennifer Jones.

PUBLICIDADE

Num evento aberto ao som dos Bombos do Centro Novais de Sousa, foram vários os rotários de diversos pontos do país que quiseram partilhar o lema do novo ano: “Imagine o Rotary”.

Na sua intervenção, o novo Governante apelou à paz e à inclusão, destacando a necessidade de envolver e perceber as expectativas das diferentes pessoas, independentemente de cores de pele, religiões, etnias, culturas, orientações de género ou graus de deficiência.

«A equidade e a inclusão são, por isso, fundamentais», referiu, prosseguindo. «Tratar os outros de forma justa, escutando-os e envolvendo-os, fazendo-os sentirem-se parte do grupo, vai potenciar o nosso impacto, o nosso alcance e o envolvimento, a retenção, de todos os membros dos clubes».

Para além disso, José Alberto Oliveira agradeceu a disponibilidade e o «enorme esforço em contexto desfavorável de pandemia» ao Governador que o antecedeu, Fernando Nogueira, presente no evento.

«Com ele aprendi o verdadeiro sentido da palavra ‘dar de si antes de pensar em si’ e como se pode ser resiliente em “Rotary” diante de adversidades incontroláveis», mencionou José Alberto Oliveira.

Por fim, e após relembrar que a rigidez de algumas normas, de um passado longínquo, pode não ser adequada «aos novos tempos, às formas de vida actuais, mais digitais», considerou que estar-se atento a isso «poderá mudar radicalmente a forma como as pessoas se juntam em clubes rotários para entrar em acção e causar mudanças duradouras em si mesmas, nas suas comunidades e em todo o mundo», concluiu.

DISTRITAIS DO INTERACT E ROTARACT TAMBÉM INICIAM FUNÇÕES

Momentos antes da Transmissão de Mandatos do Governador, haviam sido realizadas as cerimónias correspondentes para os representantes distritais do Interact e do Rotaract.

Ana Moura, do Interact Club de Arouca substituiu Sérgio Silva, do Interact Club de Caldas das Taipas e Alexandra Cardoso, do Rotaract Club de Aveiro, substituiu Bárbara Vitorino do Rotaract Club de Paredes como nova Representante Distrital.

Em declarações após o final da cerimónia, Alexandra Cardoso mostrou-se empenhada para este novo ano. «O nosso objectivo é fomentar as ligações entre o Rotary e o Rotaract bem como entre todos os clubes Rotaract do Distrito».

Cada vez mais presente no Norte e Centro de Portugal, o Distrito 1970 do Rotary International pretende «iniciar o novo ano rotário dedicado à diversidade, equidade e inclusão, procurando fortalecer os laços com a comunidade».

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.