EDUCAÇÃO

EDUCAÇÃO -

Junta de Soutelo coloca Educação como prioridade e destaca mais-valias do Centro Escolar

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A educação «é uma prioridade» para o executivo da Junta de Soutelo, liderado por Filipe Silva, que vê na formação das crianças um «investimento indispensável para a criação de um futuro mais próspero». A autarquia soutelense mostra-se muito satisfeita com as mais-valias trazidas pela abertura do Centro Escolar, considerando que «o esforço e a dedicação de todos os intervenientes são os grandes trunfos» de um estabelecimento de ensino em que «a união faz a força e quem ganha são as crianças».

Construído em 2015, resultado de um investimento superior a um milhão de euros, o Centro Escolar juntou no mesmo local as turmas de Jardim de Infância e 1º Ciclo da freguesia, «que passaram a dispor de condições de excelência para o desenvolvimento da prática educativa».

PUBLICIDADE

A Junta realça que «o edifício moderno trouxe consigo mais conforto, munindo a comunidade escolar com as condições necessárias para desenvolver um melhor e mais diversificado leque de atividades».

«Os novos materiais didáticos são sinónimo de maior motivação e melhores de condições. O mobiliário foi remodelado e procedeu-se à aquisição de novos materiais pedagógicos. O sistema informático foi renovado e foram adquiridos dois quadros interativos, que tornam a aprendizagem mais estimulante e efectiva», lembra.

No recreio, «o espaço exterior amplo assume-se como um local de excelência para fazer amigos e desgastar energias, com parque infantil incluído e uma zona coberta de recreio».

A Associação de Pais e a Junta de Freguesia de Soutelo uniram esforços para criar o Complemento de Apoio à Família, um serviço que funciona em articulação com a comunidade docente e discente.

Esta solução garante que as crianças têm acompanhamento profissional mesmo para lá do horário escolar (desde as 07h00 às 19h00), durante o intervalo de almoço e também no período de férias escolares (paragem de Natal, Carnaval, Páscoa e durante todo o mês de julho).

Um protocolo entre a Junta e a ADCA (Apoio ao Desenvolvimento de Crianças e Adolescentes) garante serviço de Psicologia e Terapia da Fala.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS