Depois de cerca de 60 anos em uso - Lâmpadas de halogéneo proibidas a partir de Setembro na Europa

Depois de cerca de 60 anos em uso -
Lâmpadas de halogéneo proibidas a partir de Setembro na Europa

No dia 1 de Setembro, depois de cerca de 60 anos em uso, as lâmpadas de halogéneo vão ser proibidas, passando a ser substituídas por LED. Lâmpadas de categoria B ou superior na escala de eficiência continuam a ser permitidas.

De acordo com os especialistas, esta medida vai reduzir as emissões de dióxido de carbono, assim como as contas da luz. As lâmpadas LED consomem cinco vezes menos energia e duram entre 15 a 20 anos, contra os dois anos das lâmpadas de halogéneo. Até que entre em vigor esta nova lei, será possível continuar a vender lâmpadas de halogéneo.

PUBLICIDADE

“Esta é uma excelente notícia tanto para os consumidores quanto para o meio ambiente. As pessoas podem esperar uma economia gigantesca graças ao facto das lâmpadas LED durarem muito mais e custam muito menos do que as de halogéneo”, explicou o porta-voz do European Environmental Bureau e da Coolproducts, Mauro Anastacio.

Fonte: jornal i

 

Subscrição ao jornal - Papel
 
NIB: XXXX XXXX XXXXXXXXXXX XX
IBAN: XXXX XXXX XXXX XXXXXXXXXXX XX
SWIFT/BIC: XXXXXXXX

close-link