REGIÃO

REGIÃO -

Lares de Vila Verde e de outros cinco concelhos do Minho com 10% de infectados por covid-19

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Dos 6.500 utentes e funcionários de lares testados por equipas da Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) em quatro concelhos do distrito de Braga e dois de Viana do Castelo até ao final da primeira semana de Novembro, 10% estavam infectados por covid-19.

Os dados avançados esta terça-feira por Armando Osório, presidente da delegação bracarense da CVP, em entrevista a O Vilaverdense, a publicar integralmente na edição de Dezembro, referem-se a lares dos concelhos de Braga, Vila Verde, Guimarães, Vila Nova de Famalicão, Ponte de Lima e Arcos de Valdevez.

Armando Osório não dúvida que estes números demonstram um “abrandamento global” nos cuidados de protecção da população nesta segunda fase da pandemia da covid-19, ao contrário do que aconteceu nos entre Março e Maio.

PUBLICIDADE

“O comportamento dos portugueses foi muito bom na primeira vaga, mas depois e até ao final de Outubro verificou-se que a população levantou ‘o pé do acelerador’, o que levou a um grande aumento de casos da covid-19”, afirma, considerando que a situação epidemiológica que hoje o país atravessa “é muito grave”.

Osório aconselha a que se faça a testagem ao novo coronavírus na unidade móvel de testes rápidos que a delegação de Braga tem no Sameiro, junto ao Hotel João Paulo II que agora funciona como unidade rectaguarda para o internamento de doentes covid-19.

Os testes rápidos da CVP estão a ser assegurados por uma equipa da EOE (Estrutura Operacional de Emergência) composta por 40 colaboradores e assalariados.

Esta equipa já realizou meio milhar de transportes de doentes covid-19, mantendo a resposta 24 horas por dia às emergências.

 

Foto CVP

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.