ECONOMIA (Vila Verde)Letra lança primeira cerveja artesanal em lata… é ruiva, mais leve e começa com “D”

ECONOMIA (Vila Verde)
Letra lança primeira cerveja artesanal em lata… é ruiva, mais leve e começa com “D”

É ruiva, mais leve e começa com “D” a primeira cerveja artesanal em lata produzida em Portugal. É a mais recente aposta do projecto Letra, sediado em Vila Verde.

A nova ‘red ale’, baptizada “Letra D”, a nova aposta em lata pretende «preservar o sabor defendendo-o de forma mais eficaz da luz UV, prolongar a frescura da cerveja ou facilitar o transporte através de um peso menor face a uma garrafa são apenas algumas das vantagens do novo fato da Letra D». Os responsáveis pelo projecto, os jovens Francisco Pereira e Filipe Maceira, querem lançar-se «por mares nunca antes navegados».

Expandir a marca para os mercados externos é um dos grandes objectivos da nova aposta.

PUBLICIDADE

Para além destas características, a chegada das latas ao mundo das cervejas artesanais portuguesas «trará vantagens ao nível do transporte, tornando o produto menos frágil em relação à utilização das garrafas de vidro, e também ao nível ambiental, pois o alumínio poderá ser totalmente reaproveitado».

A Letra D é uma cerveja avermelhada, com aroma a lúpulos dos EUA, com um ligeiro sabor a caramelo que se transforma num amargor frutado devido à utilização dos lúpulos do vale de Yakima dos EUA.
A nova aposta da Letra vai ter direito a espectáculo. Esta noite, pelas 22h00, está agendado um concerto, com a cantora vimaranense Mathilda, estrela ascendente no mundo da música indie nacional


Redacção
ovilaverdense@gmail.com