OBRAS EM CURSO

OBRAS EM CURSO -

Mais de 568 mil euros para levar saneamento a Barbudo

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Já estão em curso as obras de execução da empreitada da rede de saneamento da freguesia de Barbudo, anunciou esta segunda-feira a Câmara Municipal de Vila Verde. O investimento é de 568.551,36€ (com o IVA incluído), comparticipado em 85% por fundos comunitários.

Trata-se, de acordo com a autarquia, de «mais um relevante impulso no processo de significativo alargamento deste serviço de basilar importância a um elevado número de habitações concelhias».

PUBLICIDADE

«Uma das grandes prioridades de desenvolvimento apontada pelo executivo social-democrata para o actual mandato à frente dos destinos do concelho de Vila Verde está centrada no objetivo de fazer chegar a um número crescente de vilaverdenses um conjunto de infra-estruturas e equipamentos que vão ter um impacto muito positivo na qualidade de vida das pessoas», assegura.

Em comunicado, a Câmara refere que «o tratamento de águas residuais, com elevados níveis de eficiência, é um desses sectores cruciais para que o território concelhio seja ainda mais atractivo, oferecendo condições de salubridade essenciais para o bem-estar de todos, ao mesmo tempo que representa uma forte aposta na preservação do equilíbrio ambiental».

«O investimento global superior a sete milhões de euros, na rede de saneamento básico, vai permitir que a taxa de cobertura cresça de forma muito relevante, fazendo chegar este serviço a cerca de 75% dos lares vilaverdenses», realça.

Para o presidente da Câmara, António Vilela,  «apesar das dificuldades colocadas pela irregularidade do relevo e pela dispersão habitacional, as obras seguem já em bom ritmo e o Município de Vila Verde está a colher os frutos do rigoroso trabalho de planeamento realizado e do esforço feito pelos seus serviços na elaboração de candidaturas que foram aprovadas e que viabilizam agora a realização de investimentos sem precedentes no alargamento da rede de saneamento básico à grande maioria das residências do concelho».

O autarca assegura que, depois desta fase em que estão a ser colocadas as infra-estruturas de saneamento, será momento de «apostar, de forma consistente e programada, na requalificação e repavimentação de vias de comunicação igualmente fundamentais para que o concelho continue a desenvolver-se sustentadamente e seja ainda mais competitivo, atraindo novos residentes e empreendedores».

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS