DIA DE PORTUGAL

DIA DE PORTUGAL -

Marcelo evoca vítimas dos incêndios de 2017 no Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, decidiu assinalar o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas em três concelhos do distrito de Leiria afetados pelos incêndios de 2017: Pedrógão Grande, Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera.

«Portugal não é só memória das glórias, das euforias, das fortunas de quase nove séculos. Portugal não é só a memória dos fracassos, dos dramas, das tragédias. Portugal é tudo isso e é um só. Um mesmo Portugal», começou por afirmar o presidente da República no seu discurso nas comemorações do 10 de junho.

«Portugal não é só mar, oceanos, litorais. Portugal não é só interiores, mais ou menos profundos. Portugal não é só metrópoles, cidades, capitais de distritos, sedes de dioceses. Portugal não é só vilas, aldeias, lugares, mais ou menos ermos. Portugal não é só história, cultura, ciência dos letrados que por cá ou lá fora levam longe o nosso nome e a nossa obra. Portugal não é só a memória das glórias, das euforias, das fortunas de quase nove séculos. Portugal não é só a memória dos dramas, das tragédias. Portugal é tudo isso e um só», disse Marcelo Rebelo de Sousa, no início do seu discurso no Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades.

Para o Presidente, o 10 de Junho, «ao celebrar Portugal, celebra-o todo. Uno, na sua diversidade».

Prosseguindo, Marcelo evoca com »respeito» e «saudade» as vítimas da tragédia dos incêndios de 2017.

«Assumimo-nos como somos. Sem complexos. Que este 10 de junho queira dizer: tragédias como a de 2017, nunca mais», diz Marcelo, defendendo um «futuro mais igual e menos discriminatório para todos os portugueses».

Note-se que este ano, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, decidiu assinalar o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas em três concelhos do distrito de Leiria afetados pelos incêndios de 2017: Pedrógão Grande, Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera.

As comemorações oficiais do 10 de Junho, que se iniciaram no domingo, dia de eleições para o Parlamento Europeu, irão passar ainda pela Universidade de Coimbra, onde terá hoje lugar a cerimónia inaugural das celebrações dos 500 anos do nascimento de Luís de Camões.

Depois, entre terça e quarta-feira, irão estender-se à Suíça, com a participação também do primeiro-ministro, Luís Montenegro.

ovilaverdense@gmail.com

Foto: Presidência da República

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
3€ / mês

* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 36€ / ano.