EUROPEIAS –

EUROPEIAS – -

MAS quer salário mínimo europeu de 900 euros

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A campanha do MAS – Movimento Alternativa Socialista no distrito de Braga esteve esta quarta-feira no complexo da Bosch, em Braga, onde alertou para a «necessidade» de criar um salário mínimo europeu de 900 euros.

Os candidatos pretendem também que haja «um tecto máximo para os administradores de bancos e grandes empresas e o fim das empresas de trabalho temporário», medidas que visam «combater a precariedade e as desigualdades abismais que existem na sociedade».

PUBLICIDADE

«Mas o MAS não veio apenas falar sobre as questões laborais, pretende também denunciar junto das trabalhadoras e dos trabalhadores a justiça machista que existe a nível europeu como se viu os casos recentes em Portugal com o Juiz Neto de Moura ou com o caso La Manada na vizinha Espanha», acrescentaram.

Para os candidatos do MAS, «é preciso acabar com a violência contra as mulheres e para isso ter políticas que implicam penas mais duras e efectivas para os agressores».

«Aos que são obcecados com o défice zero dizemos que queremos uma Europa de violência zero, uma Europa contra a violência doméstica, contra o racismo e a LGBTfobia», asseguram.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS