EDIÇÃO IMPRESSA –
Membros do júri e António Vilela negam ter beneficiado candidata a chefe da Divisão Financeira

O autarca de Vila Verde, António Vilela, reafirmou ao Tribunal de Braga que não deu qualquer indicação de preferência ou fez qualquer interferência, a favor de uma dada candidata, no concurso público de contratação de um técnico para a direcção financeira do Município.

Mais desenvolvimentos na edição impressa de Março de 2020, nas bancas.

PUBLICIDADE