PAÍS –  Miguel Macedo diz ter sido vítima de “canalhices” no caso Vistos Gold

PAÍS –
Miguel Macedo diz ter sido vítima de “canalhices” no caso Vistos Gold

O ex-ministro da Administração Interna Miguel Macedo disse esta sexta-feira, após a decisão sobre o processo Vistos Gold, que o absolveu de quatro acusações, que o tribunal deu resposta às “canalhices” que lhe fizeram.

“O tribunal deu hoje [sexta-feira] resposta às canalhices que me fizeram ao longo de quatro anos”, afirmou Miguel Macedo depois de ouvir o juiz presidente Francisco Henriques dizer que estava absolvido de três crimes de prevaricação de titular de cargo político e um crime de tráfico de influência.

PUBLICIDADE

O seu advogado considerou que a absolvição era “a consequência lógica e necessária da fraca produção de qualquer tipo de prova”, e classificou a acusação do Ministério Público como “infundada e desprovida de factualidade consistente”.

O bracarense Miguel Macedo demitiu-se do cargo de ministro da Administração Interna do Governo PSD/CDS, em Novembro de 2014, na sequência das imputações que lhe foram feitas pelo Ministério Público, considerando que a sua autoridade enquanto governante estava diminuída.

Subscrição ao jornal - Papel
 
NIB: XXXX XXXX XXXXXXXXXXX XX
IBAN: XXXX XXXX XXXX XXXXXXXXXXX XX
SWIFT/BIC: XXXXXXXX

close-link