PAÍS

PAÍS -

Ministro do Ambiente atacado com tinta verde durante conferência

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O ministro do Ambiente, Duarte Cordeiro, foi hoje atacado com tinta verde por três jovens ativistas climáticas, em Lisboa, durante uma conferência da CNN sobre transição energética em que participam as empresas Galp e EDP.

Poucos minutos após o início da conferência, quando o ministro do Ambiente tomou a palavra, as três jovens dirigiram-se ao palco e atiraram tinta verde que atingiu Duarte Cordeiro na roupa, enquanto gritavam frases de contestação ao Governo.

“O Governo provou que não quer saber da transição climática ao fazer conferências com a EDP e a GALP”, “Este vai ser o último inverno de gás”, “Não permitimos que vendam o nosso futuro” e ” A Galp e a EDP não querem saber da transição justa”, foram algumas das frases que as jovens gritaram.

As ativistas foram, entretanto, retiradas da sala e a conferência foi interrompida para o ministro trocar de roupa e a sala ser limpa.

Minutos depois, o ministro reagiu, na própria conferência: “A intolerância nem faz as outras pessoas estarem mais despertas e atentas para os nossos argumentos, nem pode ser utilizada para calar os outros, nem muito menos intimidar quem exerce funções públicas, tenha a opinião que tiver”.

“A intolerância não é caminho para lado nenhum. Nós devemos rejeitar a tolerância e não nos devemos deixar intimidar – e esta é uma posição de princípio que qualquer membro do Governo deve ter, perante estes ou qualquer outro manifestante que, talvez, não tem noção da forma intrusiva com que se manifesta e tenta bloquear a posição dos outros. São comportamentos que devemos considerar inaceitáveis”, avisou.

Por outro lado, Duarte Cordeiro reforçou que “é preciso saber distinguir” estes manifestantes de outros que têm outro tipo de comportamentos. Por esses, o ministro tem “enorme respeito”.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
3€ / mês

* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 36€ / ano.