BRAGA

BRAGA -

Município de Braga investe 1,746 milhões na primeira fase do centro cultural Francisco Sanches

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Arranca ainda este ano o projeto arquitetónico da primeira fase da obra de requalificação da antiga Escola Francisco Sanches, em São Victor, com um investimento de 1,746 milhões de euros e que será transformada em Centro Cultural. O assunto é debatido e votado segunda-feira, em reunião de Câmara.

Em declarações a “O Vilaverdense”, a vereadora Olga Pereira adiantou que esta fase abrange o rés-do-chão do edifício, e todas as coberturas e caixilharias.

O município de Braga vai criar um centro cívico de matriz cultural na antiga escola, num investimento de 4,5 milhões de euros, e que prevê a instalação no local do Arquivo Municipal, – que inclui o arquivo histórico, – e a criação de salas de consulta, de uma biblioteca e uma zona de tratamento e higienização de documentos.

PUBLICIDADE

SEGUNDA FASE

Na segunda fase, “os espaços da capela e do ginásio serão dotados de condições para a realização de concertos, ensaios, exposições e eventos”, referiu.

O edifício irá também albergar a Galeria de Arte do Eixo Atlântico, residências artísticas, e de acolhimento artistas emergentes.

“Será um “equipamento de referência”, alinhado com a estratégia cultural da Cidade para 2030 e com a candidatura a Capital Europeia da Cultural em 2027”, sublinhou.

A antiga escola, situada na freguesia de S. Victor e com uma área global de 6.415 metros quadrados, estabelece a ligação entre o centro histórico e a Universidade do Minho.

O concurso público da primeira fase deve ser lançado no verão, sendo que as obras podem avançar ainda este ano.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.