CULTURA

CULTURA -

Museu Municipal de Esposende apresentou exposição e catálogo “Os Mendanhas”

Share on facebook
Share on twitter
Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Face ao Dia Internacional dos Museus, celebrado na passada quarta-feira, o Museu Municipal de Esposende abriu portas à exposição “Os Mendanhas”, que reúne trabalhos de Pintura, Escultura e Desenho da autoria dos reconhecidos artistas de Forjães, António (pai), Nuno e Vânia Mendanha (filhos).

Sob o lema “O Poder dos Museus”, a exposição retrata o vasto trabalho dos Mendanha e que se estende também à Vitralística, aos murais em azulejo e à concepção de troféus e medalhas. Para Benjamim Pereira, presidente da Câmara Municipal de Esposende, esta família é «portadora de um grande percurso e de um legado no mundo das artes».

Depois de vincar que Esposende é um dos municípios do país que «tem o privilégio de oferecer aos seus estudantes a área de Artes no Ensino Secundário», o autarca referiu que a intenção do município passa por avançar com «a criação de uma Escola de Artes na Escola Secundária Henrique Medina».

PUBLICIDADE

O presidente da autarquia destacou também, ao longo da sua intervenção, da importância da arte de rua, «materializada através da instalação de um conjunto de obras de arte, tanto em Esposende, como noutras freguesias do concelho». Para Benjamim Pereira, Esposende é «um concelho que respira cada vez mais arte e cultura».

Da parte da família Mendanha e em nome de todos, António Mendanha agradeceu a oportunidade de poder partilhar a exposição, confidenciando, em seguida, que «a arte tem continuidade assegurada na família», revelando que a neta Matilde, de seis anos, «se afigura como uma promissora artista, tendo, inclusive, participado já em alguns trabalhos».

Na qualidade de comissário da exposição, João Neiva deu nota da «obra colossal» dos Mendanha, referindo que esta arte assume «quase sempre a figura humana como um aspecto central dos seus trabalhos, dominando-a de uma forma soberba e à qual lhe aplicam uma grande expressividade».

De recordar que, só no concelho de Esposende, os Mendanha conceberam dez esculturas nos últimos vinte anos, tendo também obras espalhadas por Barcelos, Viana do Castelo, Famalicão e Amadora, bem como na Ilha da Madeira e países como o Brasil, Espanha e França

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.