POLÍTICA -

POLÍTICA - -

Nós, Cidadãos! preocupado com «aumento do tempo de espera» do Hospital de Braga

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Armando Caldas, cabeça de lista pelo círculo eleitoral de Braga do Nós, Cidadãos!, veio, esta quinta-feira, expressar a sua «preocupação com os dados revelados que mostram um aumento do tempo de espera no novo Hospital de Braga». O número 1 pelo círculo de Braga refere, ainda, que «a quebra generalizada da qualidade dos serviços após a transição da gestão privada para a esfera pública é algo inaceitável e injustificável».

Em nota enviada, Armando Caldas considera também que «o aumento do tempo de espera para cirurgias programadas, ou do tempo de atendimento nas urgências é uma evidência que precisa de ser corrigida».

«Importante para o Nós, Cidadãos! não é a opção política relativamente à gestão pública ou privada, mas fundamentalmente o serviço que é efectivamente prestado ao utente. O incremento do tempo médio de espera para cirurgia traduz um sinal que aponta negativamente no balanço da actual gestão face à gestão anterior»., afirma.

PUBLICIDADE

Relativamente ao modelo de gestão, o candidato considera que deve ser «profissionalizada». «Pessoas com provas dadas, oriundas da sociedade civil e não do interior dos partidos que alcançam o governo, de modo a procurarem de forma mais capaz o bem comum, em vez da fidelidade ao partido que os empregou».

«ATAQUE QUE O GOVERNO TEM FEITO AO SNS NÃO TEM INOCENTES»

Por outro lado, José Miguel Anjos, Mandatário da candidatura e número 2 pelo Círculo de Braga, considera que «no que toca ao ataque que o Governo tem feito ao Serviço Nacional de Saúde no distrito de Braga, não há inocentes: PS, CDU, Bloco de Esquerda e PAN são culpados pelo aumento dos tempos de espera em Braga, pelo caos nas urgências do Hospital da Senhora da Oliveira, em Guimarães, e pelo encerramento de serviços vitais no Centro Hospitalar do Médio Ave, em Famalicão e no Hospital Santa Maria Maior, em Barcelos».

O Nós, Cidadãos! levará a cabo, nos próximos dias, várias acções junto a estas unidades hospitalares para «demonstrar o actual estado de degradação dos respectivos serviços», pode ler-se na mesma nota.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.