VILA VERDE –  Nova linha de alta tensão destina-se a resolver problemas de abastecimento de energia

VILA VERDE –
Nova linha de alta tensão destina-se a resolver problemas de abastecimento de energia

O objectivo da nova linha de alta tensão que está a ser projectada, entre as subestações de Turiz e de Amares, destina-se «apenas a abastecer, em termos de energia, as populações» dos dois concelhos, justificando-se pela «necessidade de melhoria» de rede eléctrica.

A informação foi adiantada esta quinta-feira por Gilberto Mariz, da Direcção Geral de Energia e Geologia, durante uma sessão de esclarecimento público sobre o projecto de construção desta nova ligação, que decorreu na Câmara de Amares, a pedido da autarquia amarense.

PUBLICIDADE

Mariz lembrou que o traçado pode sofrer alterações, até porque nem está ainda em fase de consulta pública, onde a população poderá apresentar reclamações e preocupações, garantindo que não avançará se as Câmaras não estiverem de acordo.

Recorde-se que, tal como “O Vilaverdense” noticiou, o executivo municipal de Vila Verde emitiu parecer desfavorável ao projecto de instalação da linha de alta tensão LN-Minho 60kV.

A autarquia vilaverdense discorda da localização dos pontos de apoio / postes 9 e 10, «porque podem conflituar com o canal da futura Variante a Vila Verde/EN 101».

Esta trata-se de uma linha de distribuição de energia, de 60 kv, entre a subestação de Turiz (Vila Verde) e a subestação de Amares, que é da responsabilidade da EDP Distribuição, sendo a Direcção Geral de Energia e Geologia a entidade coordenadora do licenciamento do projecto.

Subscrição ao jornal - Papel
 
NIB: XXXX XXXX XXXXXXXXXXX XX
IBAN: XXXX XXXX XXXX XXXXXXXXXXX XX
SWIFT/BIC: XXXXXXXX

close-link