FORUM BRAGA - apresentação

FORUM BRAGA - apresentação -

Nova “sala de estar” da cidade abriu as portas e “reinventou” antigo PEB

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Cerca de 10 meses de obras e um investimento de 9 milhões de euros, o Forum Braga abriu este sábado as portas. O ‘ herdeiro’ do Parque de Exposições de Braga (PEB) promete ser um espaço de referência, não só na cidade, mas também regional, nacional e internacional.

Para Ricardo Rio, presidente da Câmara de Braga que acompanhou os jornalistas e convidados numa visita guiada ao novo equipamento, o Forum tem um propósito ambicioso: “ser a sala de estar de todos os bracarenses onde tudo vai acontecer”. Daí a criação de novas valências, uma delas o Forum Arte, uma galeria dedicada à arte contemporânea, que segundo Guilherme Braga da Cruz, um dos curadores do espaço, “Braga merecia há muito”.

PUBLICIDADE

Mantendo os objectivos que presidiram à construção do PEB, que este ano comemoraria 30 anos, o Forum Braga aposta na cultura, desporto e nos negócios.

O Forum que, sublinha Rio, pretende “elevar Braga a um patamar de excelência” quer na área da cultura, do desporto e económica”, constitui uma “obra prioritária” para a cidade.

Mesmo com as obras ainda em curso em algumas áreas, quer o autarca quer Carlos Oliveira, presidente do conselho de administração da Invest Braga, empresa gestora do Forum, afirmam o seu “orgulho” na transformação do velhinho PEB.

REIVENÇÃO DO PEB

Enquanto, Carlos Oliveira fala em “regeneração” da antiga infraestrutura, o autarca prefere fala em “reinvenção”.

“Trata-se de um equipamento que foi reinventado e que funciona como uma nova centralidade da cidade. Este é o maior investimento na devolução do centro aos bracarenses e a quem nos visita”, afirmou, referindo que o espaço “é para ser fruído todos os dias do ano com múltiplas actividades, dando resposta a uma procura crescente com que nos temos deparado e que justifica a urgência na dotação deste espaço com novas valências”,

“O Forum Braga traz um aumento no potencial de organização de diversas tipologias de eventos, contribuindo para um maior dinamismo nas actividades de natureza económica, cultural e desportiva da cidade, o que representa um enorme retorno directo e indirecto para toda a região”.

Já Carlos Oliveira assegurou que o equipamento “contribui decisivamente para o posicionamento de Braga como destino de turismo de negócios, atraindo e acolhendo os principais eventos nacionais, captando eventos e espectáculos de dimensão internacional e reforçando as infra-estruturas à disposição da cultura e do desporto”.

“Esta nova infra-estrutura vai marcar um novo ciclo da vida da cidade, será um indutor de novos públicos e de uma nova dinâmica. Estamos também a solificar uma marca para o pais e para a Galiza, uma região que consideramos ser muito relevante para a nossa actividade”, afirmou.

“O Forum foi criado para ter uma vida diária, para que não seja como a Exponor que quando não tem eventos é um deserto”.

NOVAS VALÊNCIAS

A intervenção, que engloba toda envolvente, não desvirtua o projecto inicial e 1987, caracterizado por uma concepção “arrojada e vanguardista”. Está mais confortável, moderno, com maior eficácia energética e uma melhor gestão do espaço.

Dotado de espaços com múltiplas valências, o Forum Braga dispõe de um centro de congressos multifuncional, com o maior auditório a norte de Lisboa, uma sala climatizada (grande nave) para acolher espectáculos e feiras de grande dimensão com 7.800 metros quadrados, 12 mil pessoas em pé e cerca de 1700 sentadas (em bancada retráctil) e cinco bares.

Além da galeria de arte, foram implantadas 6 salas de reuniões, um pequeno auditório de 250 lugares, e dois restaurantes.

No exterior, além de um parque de estacionamento com capacidade para 620 lugares, que, além de receber a feira semanal, pode reunir mais de 20 mil pessoas concertos e uma área para exposições com mais de 300 stands.

A inauguração oficial esta agendada para 11 de Setembro, com o concerto da banda norte-americana Thirty Seconds To Mars.


ovilaverdense@gmail.com

 

 

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS