VILA VERDE -

VILA VERDE - -

Novos “Espaços Casa” para o desenvolvimento de competências, promoção da inclusão e educação para a cidadania

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A Escola Secundária de Vila Verde e a Escola EB 2,3 Monsenhor Elísio Araújo inauguraram, esta quarta-feira, dois espaços, com o objectivo de desenvolver as competências dos seus alunos e promover a inclusão e educação para a cidadania.

Os novos “Espaços Casa” são um projecto inserido no âmbito do Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar (PIICIE) – “Aprender a Ser com Competências Transversais”.

Os espaços têm como finalidade a implementação de um “T0” integrado em contexto escolar, que dispusesse de condições e instrumentos para que alunos com necessidades especiais, e não só, possam aprender tarefas domésticas como cozinhar, arrumar e limpar.

PUBLICIDADE

A adopção de uma estratégia de diferenciação educativa que impulsione a aquisição de conhecimentos, capacidades e aptidões para potenciar a autonomia e a emancipação dos alunos com necessidades especiais no processo de aprendizagem, a inclusão escolar e os laços de reconhecimento social são a principal finalidade.

Os cerca de vinte cinco alunos das duas escolas poderão, três vezes por semana e em complemento às actividades lectivas normais, trabalhar a sua autonomia através de tarefas que lhes serão úteis no seu dia-a-dia.

«UNIVERSALIZAR O ACESSO A UMA EDUCAÇÃO DE ELEVADA QUALIDADE»

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, António Vilela, apontou que «a educação tem que ser encarada como um sector estruturante e como factor inadiável de desenvolvimento sustentado de um território».

Quanto ao projecto, o autarca destacou que «na verdade, enquanto penhor de valores inalienáveis, como a liberdade, a igualdade e a justiça social, o Município de Vila Verde assume como verdadeiramente estratégica políticas concretas e de investimentos susceptíveis de universalizar o acesso de todas as crianças e jovens a uma educação de elevada qualidade que os prepare para os desafios continuamente emergentes num mundo desenvolvido, em que o conhecimento se afirma como uma das principais riquezas».

«ESTA MEDIDA É UMA DAS MAIS PEDIDAS PELAS ESCOLAS»

Na apresentação dos espaços, a Vereadora da Educação do Município de Vila Verde, Júlia Fernandes, elogiou o projecto referindo que «esta é uma das treze acções dentro de um grande projecto de combate ao insucesso e ao abandono escolar. Esta medida é uma das mais pedidas pelas escolas. Penso que chegamos a um resultado extraordinário».

Júlia Fernandes esclareceu ainda que «quando o projecto acabar, este espaço fica para a escola, para que possam pôr em prática tudo aquilo que vêem na televisão e nas vossas casas. Uma das grandes valências deste projecto é poderem experimentar, todos os dias, coisas que vos vão ser úteis na vossa vida».

«Neste T0 os alunos aprendem um bocadinho de tudo o que se faz numa casa, como cozinhar, passar a ferro ou aspirar o pó» finalizou a Vereadora da Educação do Município de Vila Verde.

«SONHO DE HÁ MUITOS ANOS»

O Director do Agrupamento de Escolas de Vila Verde, Alberto Rodrigues, não escondeu o entusiasmo e aplaudiu o projecto, o qual considera «um sonho de há muitos anos». «Aproveito para agradecer a oportunidade que nos foi dada pelo Município de Vila Verde, em colaboração com a CIM do Cávado. Este foi um trabalho de muitos, que só podia ter um resultado excelente como este. Temos muita fé no trabalho que aqui vai ser desenvolvido a partir de agora.»

«BANDEIRA DA INCLUSÃO DA ESCOLA»

O Director da Escola Secundária de Vila Verde, João Graça, congratulou o Município «pela forma como tem abordado a temática do insucesso escolar. Questionar as escolas sobre o que precisavam foi essencial neste projecto, que é claramente uma bandeira da inclusão da nossa escola.»

TERTÚLIA “ESTRATÉGIAS DE DIFERENCIAÇÃO EDUCATIVA”

No âmbito desta actividade, decorreu, ainda, em formato tertúlia, na Escola Secundária de Vila Verde, a apresentação dos Projectos dos Territórios Educativos envolvidos. “Competências Digitais” do Agrupamento de Escolas de Moure e Ribeira do Neiva, o Projecto “Pratico+Literacia”, do Agrupamento de Escolas de Prado e o Projecto “Pratico e aprendo no Espaço Casa”, do Agrupamento de Escolas de Vila Verde e Escola Secundária de Vila Verde. A iniciativa integra a Bolsa de Projectos com incidência Municipal do PIICIE do Cávado e resulta do processo de diagnóstico adaptado às necessidades identificadas nas e pelas comunidades educativas locais.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.