METEOROLOGIA –
Onda de calor vai manter-se na próxima semana

O calor que se tem registado desde o início deste mês deve manter-se na próxima semana. A previsão é feita pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) que confirma que várias regiões já estão em “onda de calor”.

Os meteorologistas consideram que existe uma onda de calor quando durante 6 dias seguidos a temperatura máxima é 5 graus superior ao normal para a época do ano.

PUBLICIDADE

Nesta situação de tempo quente e seco os valores da temperatura máxima têm variado entre os 30 e 35 graus “na generalidade do território”, tendo atingido mesmo, esta quarta-feira, em duas estações de medição (Évora e Alvega), os 40 graus.

As temperaturas mínimas durante a madrugada têm chegado a valores próximos dos 20 graus em vários locais do Continente, tendo mesmo atingido 25,8 graus em Coimbra e 25,5 em Faro.

O calor intenso terá, no entanto, uma curta pausa de dois dias no início da próxima semana, na segunda e terça-feira, mas depois os termómetros devem voltar a subir.

O calor persistente, num tempo quente e seco que tem potenciado os incêndios, deve-se, segundo o IPMA, a um anticiclone que se encontra localizado a noroeste dos Açores, estendendo-se em crista para a Bretanha, em conjunto com um vale depressionário entre Marrocos e a Pení­nsula Ibérica, dando origem a um fluxo de leste em Portugal Continental.