PAÍS

PAÍS -

Operação “Viajar Sem Pressa 2020” com mais de 200 mil veículos controlados e 4585 excessos de velocidade

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A Guarda Nacional Republicana (GNR) realizou, entre os dias 13 e 19 de Agosto, uma operação de fiscalização rodoviária intensiva de controlo da velocidade em todo o território nacional, com o objectivo de «promover comportamentos mais seguros por parte dos condutores e a diminuição da sinistralidade rodoviária grave». No decorrer da operação, do militares da Guarda controlaram 207 782 veículos, dos quais 4 585 em excesso de velocidade.

Na operação foram empenhados militares dos Destacamentos de Trânsito dos Comandos Territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito, que estiveram especialmente atentos ao excesso de velocidade, um factor que potencia a ocorrência de acidentes e o agravamento das suas consequências. 

Relativamente à sinistralidade rodoviária, foram registados 1.528 acidentes; sete vítimas mortais; 27 feridos graves e 472 feridos leves.

PUBLICIDADE

Em comunicado, a GNR sublinha que «desde o dia 1 de Janeiro e até 19 de Agosto, a GNR registou uma considerável descida dos números relativos à sinistralidade». 

Segundo os dados divulgados, em 2020 foram registados 37 581 acidentes, menos 12 321 que os ocorridos em 2019 (49 902) e morreram nas estradas portuguesas, em 2020, 188 pessoas, menos 71 que no ano anterior (259).

Quanto aos feridos, 2020 registou 843 feridos graves e 11 488 feridos leves, menos 258 que em 2019 (1101), no primeiro caso, e menos 4482 no segundo, (15 970).

A GNR revela ainda que em 2020 foram controlados 3 676 882 veículos, menos 895 211 que em 2019 (4 572 093). No caso dos excessos de velocidade, 2020 teve um maior número de casos, 95 582, mais 146 que os registados em 2019 (95 436).

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS