PAÍS –

PAÍS – -

País. Redução da despesa dos gabinetes ministeriais foi chumbada

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A proposta do PSD de redução da despesa dos gabinetes ministeriais em 21,7 milhões de euros foi reprovada, esta segunda-feira.

A intenção do PSD contou com os votos contra do PS, a abstenção do PCP, Bloco de Esquerda e PAN e os votos favoráveis do PSD, CDS/PP e Iniciativa Liberal.

PUBLICIDADE

Em causa está uma das medidas apresentadas pelos social-democratas para mitigar o impacto na receita da descida da taxa do IVA da electricidade dos consumidores domésticos.

De acordo com a proposta dos social-democratas, a medida visa reduzir em 21,7 milhões de euros a despesa com gabinetes ministeriais ao longo de 2020, fixando-a em 51,5 milhões de euros.

“A redução prevista no número anterior é distribuída proporcionalmente por cada gabinete em função do peso específico da sua dotação no total para despesas de gabinetes, sem prejuízo de o Governo poder reafectar verbas entre eles”, acrescenta o texto que foi rejeitado, no primeiro dia de votação na especialidade do Orçamento do Estado para 2020 (OE2020).

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.