AUTÁRQUICAS

AUTÁRQUICAS -

PAN Braga subscreve manifesto contra abstenção em nome de reforma de sistema eleitoral “enviesado”

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O PAN Braga subscreveu o manifesto do Movimento Contra a Indiferença, uma iniciativa que visa alertar para a problemática da abstenção nas eleições e exigir uma maior acção por parte da sociedade civil e partidos políticos para a combater.

O documento, apresentado, esta segunda-feira, por Paulo Sousa, do Movimento, foi assinado em nome do Pessoas Animais Natureza por Tiago Teixeira e Rafael Pinto, respectivamente porta-voz da Concelhia e Distrital.

PUBLICIDADE

Em nota ao PressMinho, o responsável da Distrital afirma que “combater a abstenção deve ser uma das prioridades de qualquer democracia”.

“Para o PAN, a solução deve passar por quatro pontos: transformação do sistema de ensino para uma escola que forme cidadãos e humanos e não máquinas de decorar; luta contra a corrupção e aumento de transparência; maior apoio ao associativismo e criação de assembleias de cidadãos”, sustenta Rafael Pinto

A reforma do sistema eleitoral que “continua a estar enviesado a favor dos partidos do arco da governação, impedindo de modo sistémico o crescimento de novos partidos e ideologias”, é outra das medidas preconizadas por Rafael Pinto.

Já Tiago Teixeira lembra que “para além do problema da abstenção, nas últimas eleições legislativas foram desperdiçados 700 mil votos, isto é, votos em partidos que não elegeram qualquer deputado nos respectivos distritos. Um valor recorde devido ao crescimento da pluralidade”.

“Feitas as contas, quem sai prejudicado são os partidos mais pequenos e acima de tudo, os eleitores que não se sentem representados”, conclui o líder da Concelhia.

O PAN junta-se assim à coligação autárquica Juntos por Braga, PS, Iniciativa Liberal e Chega. O Bloco de Esquerda ainda não tomou uma decisão, enquanto a CDU

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS