ÚLTIMA HORA

ÚLTIMA HORA -

Parlamento – sem Rui Silva – chumba eutanásia

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O Parlamento chumbou, esta terça-feira, a despenalização da eutanásia. 229 deputados votaram os quatro projectos de lei do PAN, BE, PS e PEV sobre a despenalização da morte medicamente assistida. O vilaverdense Rui Silva, que está numa deslocação partidária à China, foi o único ausente.

A Assembleia da República votou esta terça-feira, deputado a deputado, os projectos de lei do PAN, BE, PS e PEV sobre a despenalização da morte medicamente assistida.

O projecto do Partido Socialista foi o que recebeu mais votos a favor, 110, e 115 contra.

PUBLICIDADE

Todos os diplomas previam que só podem pedir, através de um médico, a morte medicamente assistida pessoas maiores de 18 anos, sem problemas ou doenças mentais, em situação de sofrimento e com doença incurável, sendo necessário confirmar várias vezes essa vontade.

Os projectos de lei sobre a despenalização da eutanásia foram votados por 229 dos 230 deputados, faltando apenas um deputado na bancada social-democrata, o parlamentar Rui Silva, ausente numa deslocação partidária à China.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS