VILA VERDE

VILA VERDE -

Passadiço na Ponte Nova para resolver problema da conduta de saneamento

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O presidente da Câmara de Amares, Manuel Moreira, admitiu esta segunda-feira ter havido «um problema de diálogo» relativamente à colocação de uma conduta de saneamento na Ponte Nova, que liga Rendufe à Loureira, anunciando a construção de um passadiço no local.

Tal como “O Vilaverdense” noticiou, a colocação da conduta naquele local, que liga os concelhos de Amares e de Vila Verde, originou muita polémica e levou a uma intervenção pública da Junta de Freguesia da Loureira, que criticou a forma como a autarquia amarense pretendia executar a obra.

PUBLICIDADE

Esta segunda-feira, em reunião de Câmara, o assunto foi lançado pelo vereador do PS, Pedro Costa, que pediu esclarecimentos sobre esta matéria, nomeadamente o que será feito para resolver o problema.

Manuel Moreira admitiu que houve «um mal-entendido» e que a primeira solução, de colocar o colector a meio do arco da ponte, «era uma aberração total».

«Eu estava convencido que tinha sido a empresa Águas do Norte a fazer o projecto, o que não se confirmou. Houve polémica, existiram reuniões entre as duas Câmaras e as Juntas de Freguesia de Rendufe e da Loureira e agora já chegamos a um acordo», explicou.

Segundo o autarca amarense, será construída uma passagem pedonal num dos lados da ponte, «que permitirá esconder a conduta», numa intervenção de cerca de 80 mil euros, custeada em 85% por fundos do “Minho IN”.

«O restante será comparticipado pela Águas do Norte», acrescentou.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS