TRIBUNAL - Penas de prisão efectivas para dois dos sete traficantes que vendiam droga no Picoto

TRIBUNAL -
Penas de prisão efectivas para dois dos sete traficantes que vendiam droga no Picoto

O Tribunal de Braga condenou sete pessoas, que traficavam drogas no bairro do Picoto, em Braga, a penas entre os seis e um ano de prisão.

Os dois principais arguidos, o casal Filipe Pinto e Ana Maia, de 37 e de 30 anos, foram condenados a penas de prisão efectiva: a cinco anos e nove meses e a seis anos, respectivamente.

PUBLICIDADE

Os cinco restantes ficaram com penas suspensas, quatro deles com condenações superiores a quatro anos, e uma outra mulher a um ano de prisão.

Estes terão de se submeter ao chamado “regime de prova”, que inclui um Plano de Reinserção Social e de tratamento do vício das drogas.

Os arguidos, investigados pela GNR e pela PJ/Braga, vendiam pacotes cocaína e heroína, produtos que iam buscar ao Porto, a dez euros. Foram apanhados pela GNR com estupefacientes no bairro.