REGIÃO

REGIÃO -

PJ detém jovem de 17 anos suspeito de fogo-posto em instituição de acolhimento de crianças de Viana do Castelo

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A PJ de Braga deteve, esta quarta-feira, o presumível autor de um incêndio ocorrido na noite do passado dia 1, na Casa dos Rapazes, uma instituição de acolhimento de crianças e jovens em risco, de Viana do Castelo.

“O detido, de 17 anos, actuou num quadro de revolta e vingança. Através de chama directa, ateou fogo ao interior de um quarto do dormitório da instituição”, informa a PJ em comunicado, acrescentando que no dormitório “se encontravam naquela altura, e distribuídos por outros quartos, vários jovens institucionalizados, que foram evacuados para o exterior do edifício”.

A pronta intervenção dos Bombeiros Municipais e Voluntários de Viana do Castelo evitou a eventual propagação das chamas aos outros aposentos do edifício, bem como evitou que os restantes jovens corressem perigo de vida, pela inalação de fumos e intoxicação por monóxido de carbono.

PUBLICIDADE

“Assim, e com tal conduta, o arguido criou perigo para a sua própria vida, para a vida de terceiros, e colocou em risco bens patrimoniais de elevado valor”, refere o comunicado, que avança que as diligências realizadas “permitiram a recolha e consolidação de substanciais elementos de prova”.

As investigações conduziram à detenção fora de flagrante delito do indivíduo, o qual vai agora ser presente às autoridades judiciárias competentes para interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação.

Na altura em que foi dado o alerta para o fogo encontravam-se no seu interior 22 crianças e jovens.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.