ATAQUE A BOMBEIRO DE VILA VERDE

ATAQUE A BOMBEIRO DE VILA VERDE -

Presidente da AG repudia «ataque cobarde» e manifesta «solidariedade» ao bombeiro atingido  

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O presidente da Assembleia-Geral da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Vede, Álvaro Santos, vem a público repudiar o «ataque cobarde» ao bombeiro voluntário ontem atingido a tiro durante o combate a um incêndio em Aboim da Nóbrega. Em simultâneo, manifesta «solidariedade» ao “soldado da paz vilaverdense” e reafirma «o enorme orgulho que tenho no trabalho que os Bombeiros de Vila Verde desempenham ao longo de todo o ano».

 

No comunicado enviado à nossa redacção, Álvaro Santos manifesta ainda a sua «convicção de que a esmagadora maioria da população tem um enorme respeito pelos bombeiros e, por isso, deixo um apelo a todos: juntos temos de ser mais vigilantes, juntos temos de mobilizar a sociedade para uma cidadania activa e todos devemos estar na ajuda, no respeito e na valorização do trabalho dos bombeiros».

PUBLICIDADE

 

 COMUNICADO NA ÍNTEGRA

ASSUNTO: Ataque cobarde a um bombeiro da Associação Humanitária de Vila Verde. Posição do Presidente da Assembleia Geral em defesa dos bombeiros.

 

MANIFESTAÇÃO DE SOLIDARIEDADE PARA COM O BOMBEIRO E REPÚDIO PELO ATAQUE COBARDE

Um bombeiro da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Verde, enquanto desempenhava a nobre função de combater um incêndio a troco de nada, foi atingido por um tiro.

Enquanto presidente da Assembleia Geral da Instituição, quero publicamente:

  1. manifestar a minha total solidariedade para com o João e para com todo o corpo activo,
  2. expressar o meu repúdio por um acto absolutamente desprezivel e inqualificável e
  3. reafirmar o enorme orgulho que tenho no trabalho que os Bombeiros de Vila Verde desempenham ao longo de todo o ano.

Estou certo que a solidariedade que manifesto é o sentimento de todos os órgãos sociais, de todos os sócios e da maioria da população. Bem hajam!

 

ATAQUE A UM BOMBEIRO É UM ATAQUE A TODA A INSTITUIÇÃO

O ataque cobarde de que foi alvo o João foi um ataque a todos os que, a troco de nada, dedicam muito do seu tempo a proteger pessoas e bens no país.  Em particular, é  um ataque a toda a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Verde.

Que o João saiba que não está só e que nos tem todos a seu lado, neste momento que não é fácil. Sei que a corporação é suficientemente forte e determinada e nada abalará a vontade de continuar a desempenhar as funções que abraçaram quando decidiram aderir à causa.

 

EXIGÊNCIA DE APURAMENTO DE RESPONSABILIDADES.

Em situações de aflição, como por exemplo um incêndio à porta de casa ou um acidente grave, qualquer um de nós pode perder alguma lucidez e sensatez.

Todavia, desta vez foram ultrapassados todos os limites. Isto é um crime grave e exige-se que, para além das investigações que estão em curso, as autoridades imponham pena exemplares aos que  não respeitam as mulheres e os homens que envergam a farda da paz.

Infelizmente, as manifestações de intolerância são mais usuais do que é aceitável. Isto implica que todas as autoridades devem ter uma função pedagógica mais activa  junto das populações, sensibilizando para a missão dos bombeiros  e para as dificeis condições em que muitas vezes têm de actuar.

UM APELO À COMUNIDADE

É minha convicção que a esmagadora maioria da população tem um enorme respeito pelos bombeiros e , por isso, deixo um apelo a todos: juntos temos de ser mais vigilantes, juntos temos de mobilizar a sociedade para uma cidadania activa e todos devemos estar na ajuda, no respeito e na valorização do trabalho dos bombeiros.

As mulheres e os homens que vestem a farda da paz merecem o nosso apoio, o nosso respeito e que estejamos a seu lado nos momentos mais dificeis.

Álvaro Santos

Presidente da AG da AHBV-Vila Verde

 

 

ovilaverdense@gmail.com

 

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS