PAÍS

PAÍS -

Primeiro Ministro apela aos portugueses para não baixarem a guarda em relação à prevenção dos riscos de fogos rurais

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O primeiro-ministro, António Costa, apelou esta terça-feira aos portugueses para que não baixem a guarda em relação à prevenção dos riscos de fogos rurais.

Em declarações aos jornalistas após presidir à reunião do Centro de Coordenação Operacional Nacional (CCON) da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), em Carnaxide, António Costa afirmou que «o apelo que gostaria de fazer a todas e todos os portugueses é que, apesar de dias anómalos para o que é normal em Agosto, não esquecer que não podemos baixar, também na prevenção de riscos de incêndio, a guarda. Tal como é fundamental usarmos máscara, lavarmos constantemente as mãos, é absolutamente fundamental evitar todos os comportamentos de risco que possam criar riscos de incêndio», destacou.

O primeiro Ministro recordou ainda que «o passado mês de Julho foi o mais quente desde 1931» e que «todos não somos de mais para sermos também agentes da Protecção Civil”, sublinhou.

PUBLICIDADE

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.