CASO DE POLÍCIA / destaque

CASO DE POLÍCIA / destaque -

Primeiro-Ministro vai ser investigado por favorecimento no lítio. Decorrem buscas em Real, Braga

Share on facebook
Share on twitter
Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O Ministério Público (MP) vai abrir uma investigação autónoma para apurar suspeitas de favorecimento que envolvem o primeiro-ministro, no âmbito do inquérito que levou à detenção do chefe de gabinete de António Costa, esta manhã. A investigação passa por Braga, pela empresa LusoRecursos, sediada em Real, onde ainda decorrem buscas à casa e escritório do empresário Ricardo Pinheiro.

«No decurso das investigações surgiu, além do mais, o conhecimento da invocação por suspeitos do nome e da autoridade do Primeiro-Ministro e da sua intervenção para desbloquear procedimentos no contexto suprarreferido. Tais referências serão autonomamente analisadas no âmbito de inquérito instaurado no Supremo Tribunal de Justiça, por ser esse o foro competente», explica a Procuradoria da República, em comunicado.

Ainda não há qualquer detenção confirmada no que concerne às buscas que estão a decorrer em Braga, relacionadas com o concurso para exploração de lítio em Montalegre, ganho pela LusoRecursos, que passou a ter um escritório naquela vila transmontana.

ovilaverdense@gmail.com

Em atualização

Foto: Dinheiro Vivo

 

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
3€ / mês

* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 36€ / ano.