REGIÃO

REGIÃO -

Projecto “Cávado + Igual” promove ambientes laborais «saudáveis, igualitários e conciliadores»

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Decorreu esta quinta-feira, 15 de Abril, o webinar de apresentação do Projecto “Cávado + Igual”, cofinanciado pelo Programa EEA Grants Conciliação e Igualdade de Género, operado pela Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género (CIG). O projecto, «no valor de 226 mil euros», tem como promotor a CIM Cávado e assume o compromisso com a promoção da Igualdade e Conciliação, por via do diagnóstico das políticas disponíveis na acção dos municípios e na «adopção de medidas promotoras de ambientes laborais mais saudáveis, igualitários e conciliadores».

Na prática, serão elaborados, no âmbito deste projecto, seis diagnósticos e programas Municipais para a Igualdade e Conciliação; um documento estratégico intermunicipal para a igualdade e conciliação e um guia de boas práticas municipais. 

Em nota enviada pode ler-se que esta é a «primeira abordagem sistematizada e estratégica da CIM e dos Municípios que a integram, direccionada para as questões da igualdade e da conciliação, e que é o resultado do consenso, vontade e compromisso para com a expressão de valores e a adopção de medidas laborais subscritoras dos princípios da igualdade e da equidade entre homens e mulheres.

PUBLICIDADE

Para Ricardo Rio, presidente da CIM Cávado, este projecto vem na «sequência do reconhecimento da importância da integração da dimensão da igualdade de género e das práticas de cidadania na administração pública local».

«Trata-se de um passo concreto e fundamental para promover ambientes laborais saudáveis, igualitários e conciliadores, que garantam, de forma inequívoca, a igualdade entre homens e mulheres e conciliação», referiu, adiantando ainda que o projecto «vai ao encontro das metas dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda da ONU, nomeadamente no que se refere ao ODS 5 – Igualdade de Género».

O projecto conta com a parceria científica do ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa, através da Unidade de Investigação, Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES-ISCTE) e do parceiro internacional KUN Centre for Equality and Diversity da Noruega.

O evento contou, entre outros/as convidados/as, com a participação de Rosa Monteiro, Secretária de Estado para a Cidadania e Igualdade.

PROGRAMA “EEA Grants”

Financiado pela Islândia, Liechtenstein e Noruega – países parceiros no mercado interno com os Estados-Membros da União Europeia – os EEA Grants são um mecanismo financeiro plurianual que têm como objectivos «reduzir as disparidades sociais e económicas na Europa e reforçar as relações bilaterais entre estes três países e os países beneficiários».

Para o período 2014-2021, foi acordada uma contribuição total de 2,8 mil milhões de euros para 15 países beneficiários. Portugal beneficiará de uma verba de 102,7 milhões de euros.

Para saber mais sobre o programa consulte: eeagrants.gov.pt

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS