TURISMO (Minho)

TURISMO (Minho) -

Projecto de rede turística junta Portugal, Espanha e França

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A criação de uma rede atlântica de ‘networking’ entre negócios de turismo ligados à pesca e ao património marítimo em Portugal, Espanha e França é o objectivo do projecto europeu apresentado esta sexta-feira em Viana do Castelo.

Em causa está o projecto europeu ‘FISATUR – Atlantic Network of Tourist Experiences to Promote the Fishing and Maritime Cultural Heritage’ (rede atlântica de experiências turísticas para promover o património cultural marítimo, em tradução livre), liderado por seis parceiros espanhóis, franceses e portugueses.

O projecto pretende “promover práticas sustentáveis e inovadoras no sector do turismo ligadas à pesca e ao património marítimo, capacitando os agentes turísticos locais e promovendo a sustentabilidade ambiental, cultural e económica da região”.

Em Portugal, está a ser desenvolvido pela Comunidade Intermunicipal (CIM) do Alto Minho, em parceria com o Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC).

O FISATUR, apresentado no centro de mar, instalado a bordo do navio-museu Gil Eannes, abrange, em Portugal, a zona entre Viana do Castelo e Esposende.

Em Espanha, a procura de projectos tradicionais ou inovadores associados à pesca e ao património marítimo incidirá na Galiza e, em França, na Bretanha.

O projecto começou em Setembro de 2023, com a inventariação da oferta e da procura de produtos e serviços já existentes em cada país participante.

Em Portugal, esse levantamento for realizado em todo o litoral Norte, entre Valença e Matosinhos.

O projecto pretende “promover práticas sustentáveis e inovadoras no sector do turismo ligadas à pesca e ao património marítimo, capacitando os agentes turísticos locais e promovendo a sustentabilidade ambiental, cultural e económica da região”.

A segunda fase, iniciada em Maio último e a decorrer até 19 de Julho, prende-se com o período de candidaturas a projectos e ideias inovadoras.

O FISATUR é co-financiado pela União Europeia através do Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos, das Pescas e da Aquicultura (FEMPA), gerido pela Agência Executiva para o Clima, Infra-Estruturas e Ambiente (CINEA).

Tem como parceiros, a Fundação para a Pesca e Marisco (FUNDAMAR), Instituto para o Desenvolvimento Sustentável (ICSEM), Comunidade Intermunicipal (CIM) do Alto Minho, Centro de Inovação Empresarial (Technopole), Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC) e Instituto Agro Rennes-Angers, em França.

ovilaverdense@gmail.com

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
3€ / mês

* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 36€ / ano.