DESPORTO –

DESPORTO – -

PSP procura autores dos cânticos racistas contra Marega. Pena de prisão chega a cinco anos

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A PSP está a tentar identificar os adeptos suspeitos de dirigirem palavras e gestos racistas e xenófobos ao futebolista Marega, do FC Porto, cometendo assim infracções criminais e contra-ordenacionais, informou esta segunda-feira a direçcão da PSP.

“Não obstante não ter sido possível proceder no recinto a qualquer identificação ou detenção, em face da moldura humana e concentração de pessoas, a PSP, dentro do quadro legal indicado, está a fazer as diligências necessárias para identificar os suspeitos que cometeram as infracções criminais e contra-ordenacionais, levando-os perante as entidades judiciais e administrativas competentes”, diz a PSP acerca do incidente no jogo Vitória de Guimarães – FC Porto para o campeonato nacional.

PUBLICIDADE

A PSP sublinha que o comportamento dos adeptos suspeitos configura um crime previsto e punido no Código Penal com pena de prisão de seis meses a 5 anos.

Além da vertente criminal, a PSP acrescenta que tal comportamento de adeptos constitui contra-ordenação, pois “a prática de actos ou o incitamento à violência, ao racismo, à xenofobia e à intolerância nos espectáculos desportivos” pode ser punida com coima entre 1.000 e 10.000 euros.

Em nota sobre as ocorrências em eventos desportivos, a PSP apela a todos os apoiantes dos clubes que mantenham “uma conduta de respeito para com os adversários” e reitera o compromisso em cumprir a sua missão nas diversas manifestações desportivas, procurando contribuir para a criação de “um ambiente mais seguro e saudável, livre de qualquer forma de violência física ou verbal, racismo ou xenofobia”.

Foto: Hugo Delgado/EPA

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS