PAÍS

PAÍS -

São 43 os Concelhos que estão agora em risco elevado

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva, deu a conhecer esta quinta-feria, em conferência de imprensa após a reunião do Conselho de Ministros – onde ficou definido o novo mapa de risco do país – que há agora 47 concelhos em risco muito elevado, ao invés dos 33 da semana transacta. Para além disso, são agora 30 os concelhos em alerta, menos quatro que na semana passada. Em risco elevado são 43, contra os 27 da semana passada, onde se inclui Braga. A Ministra notou ainda que no próximo dia 27 de Julho há reunião de peritos no Infarmed, sendo que por esse motivo, além da apresentação do estado de cada concelho, «não tomaremos nenhuma outra decisão, aguardando os resultados da reunião do Infarmed».

43 CONCELHOS EM RISCO ELEVADO

Alcobaça, Alenquer, Arouca, Arraiolos, Azambuja, Barcelos, Batalha, Bombarral, Braga, Cantanhede, Cartaxo, Castro Martim, Chaves, Coimbra, Constância, Espinho, Figueira da Foz, Gondomar, Guimarães, Leiria, Lousada, Maia, Monchique, Montemor-o-Novo, Óbidos, Paredes, Paredes de Coura, Pedrógão Grande, Porto de Mós, Póvoa do Varzim, Rio Maior, Salvaterra de Magos, Santarém, Santiago do Cacém, Tavira, Torres Vedras, Trancoso, Trofa, Valongo, Viana do Castelo, Vila do Bispo, Vila Nova de Famalicão e Vila Real de Santo António.

PUBLICIDADE

47 CONCELHOS EM RISCO MUITO ELEVADO

Albergaria-a-Velha, Albufeira, Alcochete, Almada, Amadora, Arruda dos Vinhos, Aveiro, Avis, Barreiro, Benavente, Cascais, Elvas, Faro, Ílhavo, Lagoa, Lagos, Lisboa, Loulé, Loures, Lourinhã, Mafra, Matosinhos, Mira, Moita, Montijo, Nazaré, Odivelas, Oeiras, Olhão, Oliveira do Bairro, Palmela, Peniche, Portimão, Porto, Santo Tirso, São Brás de Alportel, Seixal, Sesimbra, Setúbal, Silves, Sines, Sintra, Sobral de Monte Agraço, Vagos, Vila Franca de Xira, Vila Nova de Gaia e Viseu.

BRAGA MANTÉM-SE EM RISCO ELEVADO

O concelho de Braga vai manter as restrições em vigor, nomeadamente em termos dos horários de funcionamento, assim como a limitação da circulação na via pública a partir das 23h00.

Além de Braga, há mais 42 concelhos do país que se encontram em risco elevado. Nestes municípios, o teletrabalho é obrigatório, o comércio tem de fechar às 21h00 e os cafés, restaurantes e similares podem funcionar até às 22h30, quer durante a semana, quer ao fim-de-semana, com seis pessoas no interior e 10 na esplanada.

Nota ainda para a exigência de apresentação de certificado digital ou teste negativo para acesso a estabelecimentos turísticos em todo o território e ao interior dos restaurantes no fim de semana e feriados.

MEDIDAS: CONCELHOS EM RISCO MUITO ELEVADO

Em risco muito elevado, estão agora 47 concelhos e nestes casos, as restrições são ainda mais apertadas. O comércio funciona até às 21h00 durante a semana e às 15h30 ao fim-de-semana (19h00 no caso do comércio alimentar) e os restaurantes podem estar abertos até às 22h30, com seis pessoas no interior e seis no exterior.

Nos concelhos de risco elevado e de risco muito elevado aplica-se diariamente a limitação de circulação na via pública a partir das 23h00.

Há ainda 30 municípios em alerta.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.