BRAGA - Semana do Mundo Rural e das Freguesias traz nova centralidade ao Parque da Ponte

BRAGA -
Semana do Mundo Rural e das Freguesias traz nova centralidade ao Parque da Ponte

A partir desta quinta-feira, Braga recebe a Semana do Mundo Rural e das Freguesias, uma iniciativa que pretende dar ênfase às tradições rurais e à valorização do sector no concelho.

O evento, que traz nova centralidade ao Parque de São João da Ponte, decorre até domingo e apresenta um programa rico e diversificado, que tem como ponto alto o Cortejo Etnográfico, para além de concertos, desfile de moda, feira de artesanato, gastronomia, entre outras atracções representativas do mundo rural.

“Este ano o evento apresenta um novo modelo. À Semana do Mundo Rural, juntamos a celebração das freguesias do concelho, duas iniciativas que casam na perfeição. Assim, teremos a recriação de actividades ancestrais ligadas à agricultura como a desfolhada, mas também mostrar toda a dinâmica associada ao sector com a realização de várias actividades pedagógicas para o público em geral e escolar, showcookings, entre outras”, explicou Altino Bessa, vereador do Ambiente e Desenvolvimento Rural, durante a apresentação do evento realizada esta segunda-feira.

PUBLICIDADE

O certame tem igualmente uma vertente gastronómica com uma praça da alimentação, onde “o público terá a oportunidade de saborear os típicos pratos minhotos que podem ser degustados ao som da música tradicional”, sublinhou o vereador. A vertente musical é, também um dos atractivos desta iniciativa que terá concertos dos Sons do Minho, banda dos Popados, Zé Amaro e Augusto Canário.

Este é um evento que “agrega várias sinergias” e conta com a colaboração de diversas entidades, nomeadamente a Associação Comercial de Braga (AC), que realiza um desfile de moda em pleno Parque da Ponte.

“Estão reunidas todas as condições para que os bracarenses possam passar momentos únicos, que conheçam a dinâmica e vestalidade das freguesias do concelho, usufruindo de um dos locais mais emblemáticos da cidade de Braga”, concluiu Altino Bessa.