PAÍS –

PAÍS – -

Sindicato dos motoristas ameaça greve com «consequências muito mais graves» para Agosto

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O Sindicato Independente dos Motoristas de Mercadorias (SIMM) anunciou segunda-feira que a greve agendada para 12 de Agosto «vai ter repercussões muito mais graves das do passado mês de Abril».

Segundo o sindicato, esta nova greve «vai afectar todas as tipologias de transporte de todos os âmbitos», tendo também impacto no abastecimento às grandes superfícies, à indústria e serviços.

PUBLICIDADE

Em carta aberta enviada esta segunda-feira às redacções, o sindicato diz que podem até «faltar alimentos e outros bens nos supermercados» tendo em conta a abrangência desta nova paralisação.

A indústria «vai sofrer graves perdas e grandes exportadoras como a Autoeuropa correm o risco de parar a laboração».

Foi já marcada para dia 24 de Julho uma reunião na Direcção-Geral do Emprego e das Relações de Trabalho (DGERT) para planificar os serviços mínimos.

O pré-aviso dos sindicatos dos motoristas para a greve propõe serviços mínimos de 25% em todo o território nacional, enquanto na greve de Abril eram de 40% apenas em Lisboa e Porto.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS