SAÚDE

SAÚDE -

Sobe para 56 o número de Concelhos em risco elevado

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva, deu a conhecer esta quinta-feria, em conferência de imprensa após a reunião do Conselho de Ministros, que há agora 61 concelhos em risco muito elevado, 56 em risco elevado e 29 em alerta. A Ministra reforçou ainda a informação transmitida na passada semana, aquando da actualização semanal, que somente no próximo dia 27 de Julho – dia em que há reunião de peritos no Infarmed – é que serão anunciadas novas medidas.

A ministra começou por lembra que  «esta semana é apenas uma actualização da situação dos concelhos», sendo que neste momento, a incidência nacional é de 421.3 casos por 100 mil habitantes e o R(t) continua a ser superior a 1. Assinalou, contudo, que «o nível de transmissão é menor do que foi nas últimas semanas» e que «esse movimento é claro no gráfico», sendo que «o vermelho é menos denso do que era há umas semanas».

29 CONCELHOS EM ALERTA

PUBLICIDADE

Aljezur; Almeirim; Almodôvar; Amares; Beja; Bragança; Celorico de Basto; Cinfães; Cuba; Entroncamento; Esposende; Évora; Freixo de Espada à Cinta; Mealhada; Miranda do Douro; Mirandela; Montalegre; Moura; Odemira; Oliveira de Azeméis; Pombal; Ponte de Lima; Póvoa de Lanhoso; Resende; São João da Pesqueira; Tomar; Torres Novas; Vale de Cambra e Vila Pouca de Aguiar.

56 CONCELHOS EM RISCO ELEVADO

Águeda; Alcobaça; Alcoutim; Amarante; Anadia; Arruda dos Vinhos; Avis; Barcelos; Bombarral; Braga; Cadaval; Caldas da Rainha; Cantanhede; Cartaxo; Castelo de Paiva; Castro Marim; Chaves; Coimbra; Constância; Elvas; Estarreja; Fafe; Felgueiras; Figueira da Foz; Guarda; Guimarães; Leiria; Marco de Canaveses; Marinha Grande; Mogadouro; Montemor-o-Novo; Montemor-o-Velho; Murtosa; Óbidos; Ourém; Ovar; Paços de Ferreira; Paredes de Coura; Penafiel; Porto de Mós; Rio Maior; Salvaterra de Magos; Santa Maria da Feira; Santarém; Santiago do Cacém; São João da Madeira; Serpa; Torres Vedras; Trofa; Valpaços; Viana do Castelo; Vila do Conde; Vila Real; Vila Viçosa e Vizela.

61 CONCELHOS EM RISCO MUITO ELEVADO

Albergaria-a-Velha; Albufeira; Alcochete; Alenquer; Aljustrel; Almada; Amadora; Arraiolos; Aveiro; Azambuja; Barreiro; Batalha; Benavente; Cascais; Espinho; Faro; Gondomar; Ílhavo; Lagoa; Lagos; Lisboa; Loulé; Loures; Lourinhã; Lousada; Mafra; Maia; Matosinhos; Mira; Moita; Montijo; Nazaré; Odivelas; Oeiras; Olhão; Oliveira do Bairro; Palmela; Paredes; Pedrógão Grande; Peniche; Portimão; Porto; Póvoa de Varzim; Santo Tirso; São Brás de Alportel; Seixal; Sesimbra; Setúbal; Silves; Sines; Sintra; Sobral de Monte Agraço; Tavira; Vagos; Valongo; Vila do Bispo; Vila Franca de Xira; Vila Nova de Famalicão; Vila Nova de Gaia; Vila Real de Santo António e Viseu.

BRAGA MANTÉM-SE EM RISCO ELEVADO

O concelho de Braga vai manter as restrições em vigor, nomeadamente em termos dos horários de funcionamento, assim como a limitação da circulação na via pública a partir das 23h00.

Além de Braga, há mais 55 concelhos do país que se encontram em risco elevado. Nestes municípios, o teletrabalho é obrigatório, o comércio tem de fechar às 21h00 e os cafés, restaurantes e similares podem funcionar até às 22h30, quer durante a semana, quer ao fim-de-semana, com seis pessoas no interior e 10 na esplanada.

Nota ainda para a exigência de apresentação de certificado digital ou teste negativo para acesso a estabelecimentos turísticos em todo o território e ao interior dos restaurantes no fim de semana e feriados.

MEDIDAS: CONCELHOS EM RISCO MUITO ELEVADO

Em risco muito elevado, estão agora 61 concelhos e nestes casos, as restrições são ainda mais apertadas. O comércio funciona até às 21h00 durante a semana e às 15h30 ao fim-de-semana (19h00 no caso do comércio alimentar) e os restaurantes podem estar abertos até às 22h30, com seis pessoas no interior e seis no exterior.

Nos concelhos de risco elevado e de risco muito elevado ( aplica-se diariamente a limitação de circulação na via pública a partir das 23h00.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.