REGIÃO - «Sustentabilidade alimentar nas escolas» é aposta para o Município de Esposende

REGIÃO -
«Sustentabilidade alimentar nas escolas» é aposta para o Município de Esposende

O Município de Esposende vai avançar com a «implementação de um Plano de Sustentabilidade Alimentar nas escolas do Concelho, orientado para a promoção do consumo de produtos locais, nomeadamente hortícolas e pescado».

Ciente de que «a saúde e a promoção do bem-estar devem ocupar um lugar central nas políticas dos territórios e das comunidades, factores preponderantes para o seu desenvolvimento sustentável, o Município de Esposende aposta neste plano tendo por base a Estratégia Nacional para o Desenvolvimento Sustentável 2030 e os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU», pode ler-se em comunicado enviado.

Esta estratégia de sustentabilidade alimentar delineada pelo Município vai ser dada a conhecer na Conferência sobre Sustentabilidade Alimentar, no próximo dia 15 de Outubro, no Centro de Educação Ambiental, em Marinhas, onde será também assinado um protocolo com a SONAE MC, com vista à implementação de hortas escolares no âmbito do referido plano.

PUBLICIDADE

Na sessão, que contará com a presença do Presidente da Câmara Municipal de Esposende, Benjamim Pereira e do Director Executivo do ACES Cávado III Barcelos-Esposende, Fernando Ferreira, terá lugar a apresentação do Programa de Sustentabilidade Alimentar, comentado por Rui Lima, Nutricionista da Direcção Geral de Educação. Segue-se a apresentação dos resultados da avaliação da quantidade de sal nas sopas, por João Silva, do ISAVE – Instituto Superior de Saúde, com intervenção de Rita Pinheiro, do Instituto Politécnico de Viana de Castelo.

“LABORATÓRIO DE IDEIAS”

Sob a moderação da Vice-Presidente e Vereadora do pelouro da Saúde Pública da Câmara Municipal de Esposende, Alexandra Roeger, decorrerá, posteriormente, o “Laboratório de Ideias”, com a participação de Fernando Ferreira, Director ACES Cávado III – Barcelos/Esposende, Helena Lima, do Laboratório de Criação para a Literacia em Saúde, Rita Pinheiro, do Instituto Politécnico de Viana de Castelo, Mafalda Duarte, do ISAVE – Instituto Superior de Saúde, Chefe Mário Rodrigues, Hugo Silva, da Movelife, José Ruivo, da Noocity, Andreia Domingues, da SONAE MC, Helena Cardoso, da DOCAPESCA, e de um representante da Comissão Nacional de Combate de Desperdício Alimentar.

A encerrar os trabalhos, intervirá o Secretário Executivo da CIM do Cávado, Luis Macedo.