JUSTIÇA –  Tribunal condenou autor de roubo por esticão em Braga

JUSTIÇA –
Tribunal condenou autor de roubo por esticão em Braga

Roubou um fio por esticão a uma senhora em pleno dia em Braga. Apanhou, agora, no Tribunal Judicial, um ano e quatro meses de prisão por crime de roubo.

Marcelino da Mota Coelho, que estava preso em Viana do Castelo, abordou, às 9h50 da manhã, uma mulher no cruzamento entre a Travessa do Carmo e a Rua do Carmo.

PUBLICIDADE

Deitou a mão ao fio que trazia ao pescoço e fugiu. Os gritos da vítima alertaram os transeuntes e alguns deles correram no encalço do homem, apanhando-o mais à frente e recuperando o fio. Mantiveram-no quieto, até chegar a Polícia.

O ladrão tinha já vários antecedentes criminais, tendo sido julgado por condução sem carta (quatro vezes), uso de identidade falsa e violência doméstica, este o crime mais grave e de que resultou uma condenação e a proibição de se aproximar da ex-mulher e dos filhos.

O arguido confessou o crime que justificou com o consumo de drogas. Uma praga de que diz estar-se a curar com tratamento médico.