TEMPERATURAS PÕEM REGIÃO EM ALERTA -Vaga de calor reúne a Comissão Municipal de Braga de Protecção Civil

TEMPERATURAS PÕEM REGIÃO EM ALERTA -
Vaga de calor reúne a Comissão Municipal de Braga de Protecção Civil

Realizou-se, esta sexta-feira, no quartel dos Bombeiros Sapadores de Braga, uma reunião extraordinária da Comissão Municipal de Protecção Civiltendo em conta o Aviso Vermelho em vigor devido às altas temperaturas e ao risco elevado de incêndios florestais.

No final do encontro, o vice-presidente da Câmara de Bragaexplicou que ainda não se justifica a activação do Plano Municipal de Emergência.

PUBLICIDADE

“Todos os agentes de protecção civil estão a postos e com estratégias alinhadas. A vigilância das áreas florestais do Concelho foi reforçada e os serviços de saúde têm os seus planos de contingência para fazer face ao eventual aumento de procura”, salientou Firmino Marques.

“Neste momento estão já sinalizados um conjunto de edifícios climatizados um pouco por todo o concelho, desde centros culturais e sociais, auditórios, pavilhões e sedes de Juntas de freguesia, que poderão acolher as populações caso se verifiquem situações mais gravosas” referiu.

De referir que a Comissão Municipal de Protecção Civil é constituída pelo coordenador Municipal de Protecção Civil, pelo director de Obras e Serviços municipais, pelos comandantes dos Bombeiros Sapadores e dos Bombeiros Voluntários, pelo representante da Delegação da Cruz Vermelha, pelos comandantes da PSP, GNR e do RC6, por representantes do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, Polícia Judiciária, da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Braga, pelo coordenador da Unidade de Saúde Pública, da Polícia Municipal, director executivo do Agrupamento dos Centros de Saúde, director do Hospital de Braga, representantes da Segurança Social, Instituto Nacional de Emergência Média e das Juntas de Freguesia que é designado pela Assembleia Municipal.