COVID-19

COVID-19 -

Vila de Prado vai ter centro de rastreio para funcionários dos lares

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O espaço junto à extensão de saúde da Vila de Prado recebe, a partir desta semana, um novo centro de rastreio à Covid-19, «que vai permitir rastrear todos os funcionários dos lares e dos serviços de apoio domiciliário das IPSS concelhias, assim como dos Bombeiros Voluntários de Vila Verde».

Em comunicado, a Câmara aponta para uma capacidade de realização de 570 testes por semana e refere que «está já a contactar todas as IPSS concelhias, de forma a agendar o rastreio aos respectivos colaboradores».

PUBLICIDADE

«Na convicção de que prosseguir com a estratégia de alargamento máximo da realização de testes, sobretudo nos espaços e nos contextos de maior risco, é essencial para travar o avanço da pandemia, o Município de Vila Verde procedeu também já à aquisição de 2 000 testes, que serão disponibilizados para o início da realização de testagens aos idosos institucionalizados em lares concelhios que se revelem receptivos a esta imperiosa iniciativa», sublinha.

Citado no comunicado, o presidente da Câmara, António Vilela, frisa que o Município «essencialmente focado em garantir a protecção de todos os profissionais que se encontram na linha da frente no combate à pandemia e em zelar pela saúde e pelo bem-estar de toda a população e, nas actuais circunstâncias, principalmente das pessoas numa situação de maior vulnerabilidade».

MORAIS DESTACA GOVERNO

Quase em simultâneo com a autarquia, também o vereador do PS José Morais remeteu um comunicado às redacções, em que anuncia a instalação de um centro de rastreio à Covid-19 na Vila de Prado, destinado a atender e testar colaboradores dos lares do concelho de Vila Verde, «com os custos totalmente assegurados pelo Ministério da Saúde/SNS e pela Segurança Social».

«Esta iniciativa resulta de um protocolo entre os dois Ministérios (Saúde e Segurança Social) e permitirá nesta fase a realização de cerca de 100 testes de despiste num sector onde têm surgido casos preocupantes de contaminação entre colaboradores e utentes», refere.

Para o vereador, «o concelho de Vila Verde continua a registar números elevados de infecção por Covid-19, mais do triplo de muitos dos concelhos vizinhos, pelo que esta medida do Governo é importante já que pode identificar e evitar novos focos de contágio».

«De destacar o enorme esforço de todos os profissionais do ACES que estão na linha da frente do combate ao Covid-19 no concelho de Vila Verde, sem esquecer também todos aqueles que diariamente continuam a trabalhar em serviços essenciais como bombeiros, profissionais e auxiliares de saúde e profissionais do sector social», diz.

No comunicado, José Morais refere que «o Município de Vila Verde também apoia esta iniciativa, cedendo as barreiras de protecção e outra logística».

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS