CULTURA –  Vila Verde evoca D. Gualdim Pais e outros heróis nacionais

CULTURA –
Vila Verde evoca D. Gualdim Pais e outros heróis nacionais

Figuras ilustres com ligações a Vila Verde que tiveram acção preponderante nos processos da fundação da nacionalidade portuguesa e da Reconquista cristã na Península Ibérica vão ser recordadas este sábado, na Torre de Gomariz, em Cervães, no âmbito das Jornadas Gualdianas, que evocam o 9º centenário do nascimento de D. Gualdim Pais. À noite, há teatro em Vila Verde.

O Município vilaverdense, a quem se deve a organização desta iniciativa, convidou o historiador Aurélio de Oliveira para falar sobre a presença do templários na localidade que serve de palco à realização das conferências, num período em que o mestrado estava confiado ao grande cavaleiro medieval Gualdim Pais.

PUBLICIDADE

Maria Adelina Vieira aceitou abordar a vida e obra de D. Godinho Soares, um arcebispo de Braga natural de Vila Verde, que se destacou no reconhecimento da independência de Portugal por parte de Roma.

A sessão contará ainda com a apresentação da biografia romanceada de D. Gualdim Pais, justamente intitulada “Gualdim Pais – o Fronteiro de Deus”, da autoria de Fernando Pinheiro, da qual se encarregará o também escritor João Lobo.

Os trabalhos iniciam-se junto à Igreja Paroquial de Cervães, às 15h00, e as comunicações ocorrerão na Torre de Gomariz, pelas 16h00.

TEATRO À NOITE

No Centro de Artes e Cultura de Vila Verde, a partir das 21.30 horas, sobe ao palco o drama histórico sobre a vida e obra de Gualdim Pais, segundo uma interpretação da Nova Comédia Bracarense, que já apresentou o espetáculo em cidades como Barcelos e Braga.

As Jornadas Gualdianas encerram nos dias 2 e 3 de Novembro em Amares.