EDIÇÃO IMPRESSA -

EDIÇÃO IMPRESSA - -

Vilela nega corrupção e diz que Câmaras ficaram a ganhar 2 milhões com a venda da EPATV

Share on facebook
Share on twitter
Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O Ministério Público (MP) de Braga acusou o Presidente da Câmara de Vila Verde, António Vilela, o director da Escola Profissional Amar Terra Verde (EPATV), João Luís Nogueira, e o deputado do PSD Rui Silva no âmbito do processo relacionado com o aumento de capital da escola.

Mais desenvolvimentos na edição impressa de Julho 2019

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS