ÚLTIMA HORA

ÚLTIMA HORA -

Viúva já terá confessado assassinato de empresário de Moure

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A viúva do empresário de Moure assassinado em Outubro passado, em Palmeira, já terá confessado a autoria do crime, tendo ilibado o filho e dito que era ameaçada pelo marido. A informação está a ser avançada pelo Correio da Manhã. A Polícia Judiciária ainda não confirmou.

A mulher foi detida esta quinta-feira, no apartamento onde vivia actualmente, na Rua de São Domingos, em Braga, no seguimento de algumas buscas, feitas nesse local, num terreno na Loureira e na antiga casa da família, no Lugar da Seixosa, em Moure.

PUBLICIDADE

A PJ suspeita também do envolvimento de um dos filhos do casal, que se encontrará actualmente no estrangeiro.

António Ferraz da Costa, conhecido localmente como “Côto” ou “Tone do Carneiro”, foi assassinado foi encontrado morto dentro da sua própria carrinha, num descampado, nas imediações do Motel Horly, em Palmeira, no dia 26 de Outubro de 2017.

A vítima, de 52 anos, estava desaparecida desde o dia 24, quando foi visto pela última vez na freguesia em que morava, numa vivenda à face da EN 201, no Lugar da Seixosa.

Quando foi encontrado, tal como “O Vilaverdense” então noticiou, estava com as mãos atadas, suspeitando-se que poderia ter sido torturado antes de receber um tiro de misericórdia.

Terá sido vítima de uma cilada, agarrado, conduzido a um outro local onde o terão maltratado e morto com um tiro no pescoço na zona jugular, que lhe causou uma morte imediata.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS