OPINIÃO

OPINIÃO -

A Importância da definição de Regras

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Artigo de Sandra Monteiro, Membro Cooptado da CPCJ de Vila Verde

 

Educar crianças e jovens é um desafio para os pais e educadores. A verdade é que não existem receitas prontas ou mesmo qualquer tipo de manual que nos ensine como criar os nossos filhos. Cada criança é única e pode responder de maneira diferente a diferentes métodos de educação.

PUBLICIDADE

Assim, vamos desempenhando o nosso papel enquanto educadores por experiência, insistência, tentativas e erros e algum desgaste, trazendo muito daquilo que vivenciamos no passado com pessoas de referência para nós, como os nossos pais e avós e que acreditamos ser correto.

Mas, a definição de regras desde que nascem é extremamente importante para crianças e jovens, pois fornecem estrutura e as aspirações necessárias para o desenvolvimento saudável e para a integração social.

As regras estabelecem limites claros de comportamento, o que ajuda as crianças e jovens a entenderem o que é esperado delas em diferentes situações. Essa clareza é essencial para a criação de um ambiente seguro e previsível, no qual os jovens possam aprender e crescer.

Além disso, as regras também ensinam a responsabilidade e a autodisciplina. Quando aprendem a seguir regras e a respeitar as consequências de suas ações, eles estão a aprender a ser responsáveis por si mesmos e pelos seus comportamentos. Isto prepara-os para a vida adulta, onde irão precisar de tomar decisões e assumir a responsabilidade das suas escolhas.

As regras também ajudam a estabelecer valores importantes, como a honestidade, a justiça e o respeito. Ao ensinar esses valores através das regras, os jovens aprendem a importância de tratar os outros com respeito e dignidade, e a valorizar a integridade e a honestidade em si mesmos e nos outros.

A relação entre os pais/educadores e as crianças/jovens deve estar estabelecida numa base de confiança e de comunicação assertiva. Ao estabelecer regras claras e justas, os jovens sabem o que esperar e podem sentir-se mais seguros e confiantes em expressar os seus sentimentos, necessidades e opiniões. Os pais e educadores também podem usar as regras para explicar suas expectativas, fazendo sempre uso de um diálogo aberto e construtivo.

Acima de tudo, os pais/educadores não podem desanimar ou desistir deste processo educativo em que a definição de regras e limites, são determinantes para garantir a segurança e bem-estar dos jovens.

Em resumo, a definição de regras é essencial para o desenvolvimento saudável e a integração social de crianças e jovens, fornecendo estrutura, responsabilidade, valores e comunicação aberta e construtiva.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.