EDIÇÃO IMPRESSA

EDIÇÃO IMPRESSA -

«Agricultura precisa de políticas adaptadas a cada território e não de fundamentalismos do Governo»

Share on facebook
Share on twitter
Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

José da Mota Alves, Presidente da Direcção da ATACHA – Associação de Desenvolvimento das Terras Altas do Homem, Cávado e Ave, que agrupa os Concelhos de Amares, Barcelos, Braga, Esposende, Terras de Bouro e Vila Verde, em entrevista ao jornal “O Vilaverdense” deixa um conjunto de recados ao Poder Central. Alerta para a necessidade de novas políticas agrícolas adaptadas a cada território, de um olhar diferente da classe política sobre cada região e de estratégias de médio e longo prazo. Avisa que os fundamentalismos nunca fizeram bem a nenhum à Agricultura. «Depois do último residente sair, ou abandonar a sua aldeia, dificilmente se conseguirá repovoar essa mesma aldeia», preconiza.

Mais desenvolvimentos na edição impressa de Janeiro de 2022, nas bancas.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.