VILA VERDE

VILA VERDE -

APPACDM de Vila Verde vence prémio em concurso nacional de expressão plástica

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O Centro de Actividades Ocupacionais (CAO) do Complexo de Vila Verde da APPACDM de Braga venceu o Prémio Especial do Júri do CRIDEM 2020.

Além deste prémio venceu também o 1º e 2º prémios, ex-aequo, com os trabalhos “… e livrai-nos do mal!” e “Matriz Um” na categoria Outras Expressões Artísticas. Na categoria Pintura, obteve uma menção honrosa, com o trabalho “Abraço-me”.

PUBLICIDADE

O CRIDEM é um concurso nacional de expressão plástica de pessoas com deficiência intelectual, de tema livre, aberto exclusivamente a pessoas que estejam a ser apoiadas ou frequentem qualquer instituição vocacionada para o efeito.

A presente edição do concurso é promovida pela APPACDM do Porto, em parceria com a Fundação Manuel António da Mota e com a Fundação Montepio e tem a designação CRIDEM 2020 – 16º Concurso Nacional de Expressão Plástica de pessoas com deficiência intelectual.

Esta exposição estará patente na Fundação Manuel António da Mota, no Mercado do Bom Sucesso, no Porto, até 28 de Janeiro de 2021.

«Este projeto foi desenvolvido, numa altura em que a pandemia nos condicionou, dificultando o modo como nos relacionamos, no entanto facultou uma nova forma de trabalhar e de nos organizarmos. Todos os trabalhos a concurso nasceram destas novas condicionantes, porém, para que este desafio pudesse atingir com qualidade a meta a que nos propusemos, todos nos empenhamos de forma eficaz e coordenada, todos os clientes foram envolvidos e todos os colaboradores se sentiram parte integrante do mesmo», refere o CAO de Vila Verde.

Para o CAO, este prémio «vem sublinhar a qualidade estética e visual» dos trabalhos apresentados, «imprimindo-lhes a importância da arte enquanto meio de conhecimento e expressividade».

«Este prémio, no valor de 1000 euros, será utilizado na aquisição de mobiliário de conforto para os nossos clientes, dando assim continuidade a campanha de angariação de fundos, que se iniciou em 2019, com o Calendário Solidário», assegura.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS