VILA VERDE –

VILA VERDE – -

Assembleia Municipal de Vila Verde aprova orçamento com 14 abstenções

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A Assembleia Municipal de Vila Verde aprovou esta quinta-feira, com 14 abstenções, o Orçamento Municipal e as Grandes Opções do Plano para 2020, em que a autarquia prevê um investimento superior a 39, 6 milhões de euros.

Segundo o presidente da Câmara, António Vilela, o orçamento «permitirá dar continuidade à realização de obras estruturantes para o desenvolvimento do concelho», destacando a modernização da rede viária, a mobilidade suave, a regeneração urbana e o incremento do emprego.

PUBLICIDADE

Para Luís Sousa, do PSD, este é um «documento rigoroso, de contenção e rigor financeiro, mas também capaz de responder às necessidades do concelho», num «quadro de sustentabilidade e de controlo da dívida a médio e longo prazo».

Visão diferente tem a oposição, que se absteve na votação e apontou críticas ao facto de alguns investimentos programados para 2020 transitarem de orçamentos anteriores.

Na opinião da líder da bancada do CDS-PP, Cláudia Pereira, é necessário «melhor planeamento» para que Vila Verde seja «um concelho atractivo e dinamizador», aconselhando uma «aposta mais forte» no turismo.

O PS disse que «falta visão» ao executivo, mostrando dúvidas quanto às taxas de execução.

«No ano passado, não conseguiu executar nem metade daquilo a que se propôs», criticou Carlos Araújo, para quem é «uma extravagância» despender mais de 200 mil euros para o Namorar Portugal «quando há necessidades bem mais prementes, como as habitações sociais, para onde só vão 60 mil euros».

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.