VILA VERDE – Bombeiros de Vila Verde recebem 33 equipamentos de protecção individual

VILA VERDE –
Bombeiros de Vila Verde recebem 33 equipamentos de protecção individual

A Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Vila Verde entregou, esta sexta-feira à noite, 33 equipamentos de protecção individual de fogos urbanos ao seu corpo de Bombeiros, num investimento global que rondou os 30 mil euros.

Os equipamentos foram entregues numa gala comemorativa realizada na Vila de Pico de Regalados, um momento que reuniu representantes de Juntas de Freguesia, empresários, beneméritos e convidados institucionais, no qual também marcaram presença membros da Liga de Bombeiros Portugueses e o Presidente da Federação de Bombeiros do distrito do Braga.

PUBLICIDADE

Este foi o culminar de uma campanha lançada pela Direcção e pelo comando da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Vila Verde, junto do tecido empresarial vilaverdense e de Juntas de Freguesia concelhias, para auxiliar a corporação na aquisição de fatos de protecção individual de incêndios urbanos para o seu corpo activo.

«Agradeço às Juntas de Freguesia, aos empresários do tecido empresarial vilaverdense, a todos os beneméritos e a todos os que de uma forma completamente altruísta contribuíram para que a aquisição destes equipamentos e a concretização deste jantar seja hoje uma realidade», referiu o presidente da Direcção, Paulo Renato Rocha.

«Sempre foi um dos nossos primeiros propósitos oferecer mais e melhores condições ao nosso corpo activo no exercício da sua função e a aquisição destes equipamentos tornava-se primordial, quer ao nível da segurança pessoal dos nossos operacionais, quer ao nível da sua eficácia de acção», acrescentou.

Para o comandante em exercício, Luís Morais, «a entrega destes equipamentos foi o culminar de um sonho antigo, um objectivo primordial na salvaguarda da protecção individual do corpo de bombeiros, composta por mulheres e homens que agora ainda dão mais garantia na total na defesa e na continuidade dos valores pelos quais luta e defende, com vista sempre a salvaguarda da população».