ECONOMIA

ECONOMIA -

Braga é o terceiro distrito onde fecharam mais empresas

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Um estudo da InfotrustGo concluiu que, no distrito de Braga, encerraram 2.599 empresas entre o primeiro trimestre de 2017 e o período homólogo de 2021.

Só os distritos de Lisboa e do Porto registaram mais encerramentos, chegando aos 12.951 e 4.821, respectivamente.

PUBLICIDADE

Olhando para a evolução entre o primeiro trimestre de 2017 e o período homólogo de 2021, o número de empresas encerradas estava em tendência decrescente até ao ano de 2020.

«De facto, os efeitos provocados pela pandemia da Covid-19, poderão ajudar a explicar a quase duplicação do número de encerramentos entre o primeiro trimestre do ano passado (385) e o período homólogo do presente ano (686)», refere o estudo.

Dentro da realidade do seu distrito, os concelhos que registaram mais encerramentos foram Braga (726), Guimarães (546) e Vila Nova de Famalicão (335).

Os sectores de actividade mais afectados foram as Indústrias Transformadoras (480), os Serviços (458) e o Comércio a Retalho (442).

De acordo com o estudo levado a cabo pela InfotrustGo, entre o 1º trimestre de 2017 e o mesmo período de 2019, o nascimento de novas empresas seguia uma tendência de crescimento em Braga.

No entanto, ainda antes de a pandemia chegar a Portugal, o distrito já registava uma queda acentuada no número de novas empresas (878 entre Janeiro e Março de 2020).

De facto, quando observamos para os dados mais recentes, verificamos que entre 2019 e 2021 nasceram menos 388 empresas (uma descida de 32%).

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS