BRAGA –

BRAGA – -

Braga partilha experiências sobre turismo sustentável em encontro internacional

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Durante dois dias, Braga recebeu o seminário transnacional da Rede URBACT Tourism Friendly Cities. Definir critérios e indicadores para a sustentabilidade do turismo é uma das prioridades desta Rede Europeia, na qual a cidade parte integrante.

Esta foi a segunda reunião da rede, depois de ter iniciado em Setembro passado em Génova e serviu para terminar a primeira fase desta rede URBACT.

PUBLICIDADE

Tendo como ‘quartel general’ o Human Power Hub, no edifício Castelo, este seminário serviu para uma partilha de boas práticas entre cidades que vivem momentos distintos relacionados com turismo. Durante os dois dias foram discutidos os próximos passos a dar, além de ter-se iniciada a construção de um plano de acção que a ser avaliado por parte da instituição europeia que gere este programa e que dará origem a mais dois anos para esta rede URBACT.

Além disso, neste encontro foram apresentados casos de boas práticas da cidade de Braga, além de ser providenciado um conhecimento mais profundo de alguns projectos que estão a ser elaborados, como foi o caso da apresentação do projecto da Insula das Carvalheiras às cidades parceiras.

“Desde que entrámos na EUROCITIES, em 2016, temos sido uma cidade muito activa nesta rede ao realizarmos em Braga diversas iniciativas como o Fórum de Desenvolvimento Económico, o encontro da EUROCITIES, além de participarmos em diversos eventos no exterior”, afirmou Ricardo Rio na abertura do seminário.

“Esta actuação tem sido importante para acedermos a projectos internacionais, como é o caso das duas Redes de Planeamento de Acção URBACT que estamos inseridos agora”, acrescentou o presidente da Câmara de Braga.

A rede ‘Tourism Friendly Cities’ tem como objectivo explorar o modo como o turismo pode ser sustentável em cidades médias, reduzindo o seu impacto negativo sobre as áreas urbanas. Para alcançar este objectivo, o projecto pretende criar estratégias integradas e inclusivas que podem manter um equilíbrio entre as necessidades das comunidades locais, em termos de qualidade de vida e de serviços disponíveis, e a promoção do desenvolvimento urbano sustentável a nível ambiental, social e económico.

A ‘Tourism Friendly Cities’ é liderada pela cidade italiana de Génova, que, além de Braga, inclui ainda Cáceres (Espanha), Veneza, (Itália), Utrecht (Holanda), Cracóvia (Polónia), Rovaniemi (Finlândia), Dubrovnik (Croácia), Dun Laoghaire-Rathdown (Irlanda) e Druskininkai (Lituânia).

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.